Siga o blog por Email

MEDITAÇÃO DIÁRIA

domingo, 20 de maio de 2007

PARÁBOLA DO PREGO E A TÁBUA

"Um dia fiquei enfurecido porque alguém me ofendeu. Mais tarde, meditando, compreendi o quanto ainda precisava das ofensas para testar minha paciência e minha humildade."
Era uma vez um menino que tinha um temperamento muito explosivo. Um dia recebeu um saco cheio de pregos e uma placa de madeira. O pai disse-lhe que martelasse um prego na tábua cada vez que perdesse a paciência com alguém.
No 1º dia o garoto colocou 37 pregos na tábua. Já nos dias seguintes, enquanto ele ia apredendo a controlar a sua raiva, o nº de pregos martelados por dia ia diminuindo progressivamente.
Ele descobriu que dava menos trabalho controlar a sua raiva do que ir todos os dias pregar vários pregos na placa de madeira.
Falou com o pai sobre o seu sucesso e sobre como se estava a sentir melhor por não explodir com os outros e o pai sugeriu que retirasse todos os pregos da tábua e que trouxesse até ele.
O garoto trouxe a placa de madeira, já sem os pregos, e entregou-a ao pai. Ele disse: "Estás de parabéns, meu filho, mas repara nos buracos que os pregos deixaram na tábua, ela nunca mais será como antes".
Quando dizes coisas com raiva, as tuas palavras deixam marcas como estas. Podes enfiar uma faca em alguém e depois retirá-la. Não importa quantas vezes peças desculpa, a cicatriz continuará lá.
Uma agressão verbal é tão prejudicial quanto uma agressão física. Os amigos são como jóias raras. Fazem sorrir e encorajam-te a alcançar o sucesso. Eles emprestam-te o ombro, compartinham os teus momentos de alegria, e têm sempre os seus corações abertos para ti.

Nestas histórias podemos tirar sempre uma lição, pois pode acontecer a nós próprios....

Espero k gostem.........

2 comentários:

  1. Achei muto interessante essa parábola,serve como uma lição,ás vezes dizemos coisas as pessoas que dói bem mais que uma agressão física e por mais q a gente se arrependa e peça desculpas as feridas continuarão lá.Pois quem bate sempre esqueçe mais quem apanha...jamais!

    Juliana Kelly Pereira

    ResponderExcluir
  2. Fantástica!
    Lembrei d uma frase:
    "Oh Deus! Dai-me paciência, pq se me deres força eu arrebento esta pessoa!"
    :P
    Muito bom o post!!!

    ResponderExcluir