Siga o blog por Email

MEDITAÇÃO DIÁRIA

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Análise da marcha


Clique na imagem ao lado e observe na animação do esqueleto as alterações na simetria de movimento entre os lados.





Para compreender o movimento e as repercussões de suas alterações nos segmentos corporais é interessante a análise das regiões separadamente.





No movimento dos pés é possível observar a pronação ocorrendo durante todo o período de apoio no pé direito.


Esse afastamento do movimento ideal compromete a função normal.
O movimento de pronação em cadeia cinética fechada consiste na eversão do calcâneo associado à flexão plantar e adução do talus resultando, dentre outras coisas, em uma redução funcional do comprimento do membro inferior.
Como a pronação, no exemplo, ocorre apenas em um lado, o movimento pélvico no plano frontal pode ficar comprometido.

O joelho conecta o pé ao quadril e seus movimentos têm interdependência direta com a movimentação desses segmentos. Uma pronação excessiva pode gerar um aumento da rotação interna da tíbia. Entretanto, fisiologicamente para que ocorra a extensão do joelho é necessária uma rotação externa de tíbia. Neste caso, como a tíbia está fixa em uma rotação interna, ocorre um aumento da rotação interna do fêmur para permitir uma rotação externa relativa da tíbia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário