Siga o blog por Email

MEDITAÇÃO DIÁRIA

domingo, 4 de maio de 2008

Kirigami

Gente eu confesso que me apaixonei por esta arte oriental!!! É lindo d+ e muito delicado, irei fazer com meus alunos um cartão para o dia das mães usando essa técnica!!! Espero que gostem também!!!



kirigami

Arte japonesa de produzir trabalhos decorativos através de dobras e corte de papel em diversas formas, denominado também de “trabalho de artesanato com recorte”. Tem sido realizado desde os tempos antigos em diversas regiões do mundo utilizando diferentes padrões abstratos e geométricos, desenhos recortando formas de pessoas e paisagens, maquetes com maniaturas de casas e móveis.


Tradicionalmente é uma arte de criação de papel vazado usando-se o estilete, tesoura e outros instrumentos cortantes no papel washi. Diferentemente do kiriê (veja neste capítulo), o desenho formado no papel vazado é totalmente contínuo. No padrão tradicional do Japão existe o “monkiri” que produz uma simetria formal no papel recortado .

Nascida na China no século 4, a arte do kirigami foi divulgada no século 17 através dos samurais e até hoje está presente em diferentes manifestações culturais como os enfeites usados nos templo xintoístas, os papeis colocados nos bambus para o festival de Tanabata, ou ainda, enfeites como os usados em árvores de Natal. Foi ainda utilizado para produção de moldes para tingimento de tecidos.


Já o padrão usado nas escolas primárias para as aulas de trabalhos manuais, em sua maioria, utiliza o recorte livre das estampas e depois são feitas as junções dos desenhos produzidos.


Nos dias atuais, o arquiteto Massahiro Chatani, professor do Instituto de Tecnologia de Tokyo, é o principal responsável pelo resgate dessa arte através de exposições e publicação de livros didáticos a partir de 1981.


No Brasil, essa arte foi batizada de origami arquitetônico (embora os princípios básicos do origami seja distinto) e está sendo utilizada não somente para confecção de cartões tridimensionais, mas também aplicada para criar livros infantis, embalagens, displays e material promocional. Na realidade também não está sendo feita uma distinção entre as técnicas de kirie e kirigami, melhor dizendo até uma certa confusão na utilização desses nomes.

Fonte: http://www.fjsp.org.br/guia/cap06_e.htm





: Kirigami

Depois de imaginar por um longo tempo um cartão de felicitação para enviar aos amigos, o engenheiro Masahiro Chatani teve a idéia de criar algo tridimensional, como se juntasse duas folhas de papel recortados.

Masahiro Chatani já era reconhecido nessa época, afinal, formado em arquitetura aos 22 anos na conceituada Faculdade Industrial da Universidade de Tokyo, em 1980, com 46 anos de idade, havia se tornado doutor na mesma Universidade e já era autor de livros sobre edificações.Esses cartões, que eram recortados de maneira a poderem ser dobrados, fizeram muito sucesso entre os seus amigos e finalmente tomou a forma de livro em 1984. Conforme explica o autor, o cartão branco dobrado que se abre em forma de pop-up sobre um fundo branco ou colorido, forma sombra e tem tridimensionalidade, criando um mundo fantástico.


A técnica foi batizada de Origamic Architecture. Com uma precisão milimétrica, bastante habilidade e muita criatividade, Chatani desenvolveu seus cartões, que puderam ser vistos expostos em vistosas vitrines em shoppings e aeroportos do país, em 1984 e 1985. Esses cartões eram gigantes e eram feitas sob encomenda. Logo, a técnica ultrapassou as fronteiras e ficou conhecida no mundo inteiro.

No Brasil, o nome Origami Arquitetura foi registrada por uma empresa que produz esses cartões comercialmente.
Apesar disso, a técnica no Brasil é conhecida como Kirigami, contrariando o nome utilizado em todos os outros países. A razão? Em 1993, Naomi Uezu, que já havia dominado a técnica dos cartões tridimensionais, seria a primeira pessoa a ministrar uma aula sobre esse assunto no Brasil. Reunida com os diretores da Abrademi, que planejavam incluir esse curso no calendário da entidade, chegou-se a conclusão de que “origamic architecture” era muito difícil de ser pronunciado. Assim, a aula foi divulgada como: “CURSO DE KIRIGAMI – ORIGAMIC ARCHITECTURE, a arte de fazer cartões tridimensionais, aqueles que “saltam” figuras quando se abre”, conforme propaganda da época. A idéia era fazer associação com o Origami, muito mais difundido no Brasil.

A aula foi um sucesso em 26 de setembro de 1993, e outras aulas foram ministradas, ficando apenas o nome Kirigami. A Naomi Uezu tem hoje um estúdio de produção dos cartões Kirigami, e ministra cursos na Aliança Cultural Brasil Japão. O site dela chama-se, não por acaso
www.kirigami.com.br/index.htm.

Masahiro Chatani publicou vários livros sobre o assunto, sempre pela editora Ondori, de Tokyo. Em livrarias japonesas do Brasil, entretanto, vendedores desinformados podem afirmar que não existem livros sobre “kirigami”. Mas existem. É necessário procurar por “origamic architecture”, que é o termo que aparece nas capas desses livros.

Conheça o livro: Brincando com Origami Arquitetônico de Ariomar F. Silva e Leoncio de O. Carvalho.

AO USAR INFORMAÇÕES DESTE SITE, NÃO DEIXE DE MENCIONAR A

FONTE www.culturajaponesa.com.br






10 comentários:

  1. Luciane
    Adorei os cartões.
    Gostaria de saber se vc poderia trocar gabaritos comigo ou indicar livros para compra . Aqui em SJOsé não encontrei nada, para falar a verdade não tem nada parecido.
    Até mais
    Fernanda
    fernanda_ctescobar@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. LUCIANE, PARABENS PELO BLOG.

    ResponderExcluir
  3. Parabens,voce mostrou o trabalho e o molde,fez trabalho completo!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. LUCIANE, ADOREI OS CARTOES E PARABENS PELO BLOG.

    ResponderExcluir
  5. Onde posso encontrar os papéis para fazer os cartoes?

    ResponderExcluir
  6. gente meu nome é andré e to iniciando nesta arte maravilhosa que é kirigami.. depois de uma boa pesquisada achei livro gratis no formato pdf mas em japones, mas não pega nada, pois os moldes tem la, e muitos.. de tudo que é tipo quem quiser só me enviar um email pra mim..

    andersongigabyte@hotmail.com


    quem tiver moldes de castelos e casas vamos compartilhar tambem gente.. abrass a todos

    ResponderExcluir
  7. Mimi Minas Gerais, adorei o seu blog parabéns minhas gemeas de 14 anos interessaram por essa arte e estão iniciando, mostrei seus trabalhos e adoraram. abraços

    ResponderExcluir
  8. Muito lido seus trabalhos, adorei o Blog. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Muito lido seus trabalhos, adorei o Blog. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom, também to apaixonada por esta técnica!!!

    ResponderExcluir